ESTARÁ A HUMANIDADE ENTREGUE À PRÓPRIA SORTE?

Quase acreditamos que sim, visto que a Humanidade, sempre orientada pelos avataras (manifestações divinas), que em prol da evolução humana sempre se sacrificam, teve mais do que tempo suficiente para viver, não impecavelmente, pois o homem não está de todo formado, como também não está a própria Terra, mas o sagrado dom da vida, misericórdia, deveria ser mais respeitado e levado a sério.

Obedecendo à Matemática Divina, a face da Terra sempre teve a ventura de junto a si habitar Seres bastante evoluídos, vindos de esferas mais luminosas, cuja genialidade e compaixão inegavelmente têm impulsionado a evolução material e espiritual do homem.

Esse tempo, no entanto, parece ter se esgotado. Não é preciso pensar muito a respeito para constatar que a Humanidade está sem freio e sem rumo. Levas de seres, por razões as mais diversas, fogem de suas terras rumo a outros países onde nem sempre conseguem chegar ou ser aceitos. Os noticiários e o que ao vivo se assiste, mostram bem que o respeito, a bondade, a solidariedade, são hoje virtudes raras, substituídas pela confusão generalizada, a insatisfação da grande maioria, a violência desmedida, o desrespeito à mulher e à criança, a idolatria ao corpo e a crueldade em todas as suas horrendas manifestações.   

Essa distorção dada à Vida é prato cheio para as forças sombrias que pululam no astral inferior da Terra, cuja superfície do planeta diariamente se contamina com o sangue derramado por tantas mortes violentas, acabando por praticamente se equiparar àquela região sombria astralina. Estaríamos vivendo o chamado “final dos tempos”? O Apocalipse bíblico? Se for, subentende-se que a Humanidade, por ausência de vigilância dos sentidos, deixou-se dominar pelas forças desintegradoras, extremamente cruéis, espertas e rancorosas, pois o ambiente da face da Terra se lhes tornou propício, e é onde elas se banqueteiam, influenciando na mente dos desavisados, dos incautos, dos fanáticos, dos descrentes dessas coisas, tudo que de ruindade elas possuem. Uma esperança, porém, existe: na vida tudo tem princípio e fim, um dia, não sabemos quando, a Paz reinará, mas até lá, cuidemos para não desestruturar ainda mais e de forma irreversível o maravilhoso DOM DA VIDA.   

_______________
Zélia Scorza Pires
09.03.2014  

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Generic selectors
Palavra Exata
Procurar nos Títulos
Procurar no conteúdo
Procurar em Artigos
Procurar nas Páginas
Poesias
Livros
Filtrar por Categorias
Artigos Bibi
Artigos e Diversos.
Artigos Eymar
Artigos HJS
Bibi
Eymar
Fotos Bibi
HJS
Notícias
Poesias Bibi
Poesias Eymar

Livros de Adiel

  • Quando Deus É Feito Homem
  • Muito Pouco de Muuuito
  • capa-joana-e-as-sementinhas
  • Capa-a-rosa-e-o-edificio
  • capa-os-numeros-e-suas-queixas
  • capa-a-borboleta-filosofa
  • capa-cartilha1
  • capa-cartilha2
  • capa-cartilha3
  • capa-cartilha-4
  • capa-as-letras-na-montanha-thumb
  • capa-os-gemeos-espirituais