AVATARA, AVATARIZAÇÃO

O Elefante continuou a expor o que ensinava:

          – Avatarização é inspirar, intuir, influenciar… Na avatarização a capacidade mental de quem é avatarizado, é ampliada sem que a pessoa se desligue da sua própria consciência.

Ouvindo isso, a Lhama, guardiã ou Totem do antigo povo Inca, quis dar sua interpretação: avatarização é um ser ou mais de um ensinando à distância.

          – Isso mesmo – o Elefante gostou. O termo avatarização tem origem na palavra avatara, que significa “descida da Lei” ou “descida da Divindade”. Na língua Tupi avatara quer dizer “antepassado, antigo, velho, avô”, ou seja, a manifestação daquele que tem mais Sabedoria. No caso, o ANCIÃO DAS IDADES, que simbolicamente “sempre se apresenta como um Ancião de Barbas Brancas e Longas e com uma Mitra, contendo uma Criança no alto”. Avataras são “seres de outros planos dirigindo os destinos da Terra”. Quando o avatara se manifesta, um opositor tem direito de também se manifestar, porque o homem, não tendo terminado ainda a sua evolução,  é por isso mesmo imperfeito, traz em si o bem e o mal em luta. Forças brancas e negras, divinais e infernais, positivas e negativas, luminosas e sombrias…   

         – Não se poderia evitar a manifestação das forças sombrias? – perguntou a Avestruz.

         – Não enquanto os habitantes da Terra atraí-las… – explicou o Elefante. Se o ambiente for favorável, não há como impedir. No início das coisas, a própria “encarnação do Espírito de Verdade” foi que se manifestou… A Verdade foi, primeiramente, impulsionada no mundo pelo próprio Espírito de Deus. Sei que é complicado entender isso, mas não sei explicar de outro modo.

         – Não se preocupe amigo Elefante, já nos foi ensinado que o avatara “aparece na Terra para diminuir o peso da mesma”. Aprendemos, também, que a Essência Divina do avatara é sempre a mesma, o que difere é o modo dela agir, que varia conforme a época em que se manifesta. Mas como reconhecer o avatara é que ainda não aprendemos.

– A Iniciação ajuda – explicou o Elefante.

         – Mas o que é Iniciação? – roncou a Avestruz.

         – Iniciação é adquirir o “Saber que redime, o Conhecimento Real”, que é sempre progressivo, proporcionando ao interessado expiar faltas, redimir-se, libertar-se… O Conhecimento Real amplia a consciência, fazendo com que o discípulo evolua mais rápido e, consequentemente, esgote mais depressa o seu karma. Por sua própria natureza divina, o homem “se transforma diariamente”, o que não deixa de ser, também, Iniciação, ainda que inconsciente. Mas o Iniciado mesmo, ele sofre, pois descontar karma mais rápido, reduzindo o número de reencarnações, não é gratuito, tem suas agruras… Outro fator importante, é que o Iniciado realmente integrado no Conhecimento Real, ele sente a Dor do Mundo. Por quê? Porque entendendo a razão do sofrimento, ele quer ajudar outros a entenderem, mas não consegue ser ouvido… A maioria acha esse assunto maçante… Uma coisa, porém, é certa: “tudo na vida é Iniciação”. Quando o homem começa a sentir atração pelas coisas divinas ou superiores, ele já é um Iniciado em perspectiva. Decorrido algum tempo, ele passa a discípulo de um verdadeiro mestre, que, visível ou não, sempre estará ao seu lado, ajudando-o, até que ele saiba caminhar sozinho na Grande Vereda da Iniciação. Passado alguns anos, que varia de discípulo para discípulo, chega, finalmente, o dia em que o discípulo terá de forçosamente “aniquilar o Dragão do Umbral”, que é a forma simbólica de todos os erros cometidos em todas as suas existências. Aniquilado esse Dragão simbólico, “a Consciência se manifesta no homem e o Dragão desaparece”.

         – Amigo Elefante, tentando entender o que você insinuou, eu concluí que Iniciado ou não, “raro é aquele que não possui o Dragão do Umbral” – disse a espertinha Avestruz.

         – Você entendeu bem. E digo mais: “no começo da evolução não havia necessidade de Mistérios Iniciáticos. O Conhecimento era propriedade de todos, e predominou, universalmente, durante a Idade de Ouro. Porém, os homens se multiplicaram muito rapidamente, e então múltiplas também foram as mudanças em seus corpos e mentes… Certos exageros contrários à natureza humana, se enraizaram de tal maneira, que acabaram por levá-los a crer em uma série de superstições. Dos desejos e paixões até então desconhecidos, nasceu o egoísmo, pelo qual os homens abusaram de seu poder e sabedoria, até que finalmente foi preciso limitar o número de conhecedores… Assim teve lugar então a Iniciação e seus Mistérios. A necessidade de encobrir a Verdade para resguardá-la de possíveis profanações, fez-se sentir cada vez mais em cada geração, e assim se converteu em Mistério”. Esta é a explicação que consigo passar para vocês, de como a Iniciação, que antes era um privilégio de todos, teve de ser ocultada, destinada apenas àqueles que realmente tivessem interesse pelas coisas divinas ou superiores.

         – Entendi, e creio que nossos companheiros também. Concluímos então que Iniciação é responsabilidade.

         – Sim, compromisso com DEUS, que se não for levado a sério, melhor seria nunca assumir.

         – Se não assumir ou se a pessoa desistir no meio do caminho, o que acontece?

         – Ao dedicar-se à Iniciação, que é o “Saber que redime”, a pessoa passa a provar do saboroso fruto do Conhecimento Real. Se mais tarde abandona esse Caminho Espiritual, ela ainda não sabe, mas com o passar do tempo sua Alma começa a inquietar-se… Por quê? Porque ficou impedida de alcançar um grau maior na sua evolução. A pessoa então passa a sentir uma insatisfação interna que a princípio não entende, mas se for observadora, perceberá que é o lamento de sua Alma, que se sentiu traída… E muitas vezes por um motivo banal, que poderia ter sido olhado como um teste da própria Iniciação.

__________

Trecho do livro de Adiel, ”Quando Deus É Feito Homem – Uma história contada pelos bichos”, Volume 1.  Ver no site www.adiel.blog.br        

 

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Generic selectors
Palavra Exata
Procurar nos Títulos
Procurar no conteúdo
Procurar em Artigos
Procurar nas Páginas
Poesias
Livros
Filtrar por Categorias
Artigos Bibi
Artigos e Diversos.
Artigos Eymar
Artigos HJS
Bibi
Eymar
Fotos Bibi
HJS
Notícias
Poesias Bibi
Poesias Eymar

Livros de Adiel

  • Quando Deus É Feito Homem
  • Muito Pouco de Muuuito
  • capa-joana-e-as-sementinhas
  • Capa-a-rosa-e-o-edificio
  • capa-os-numeros-e-suas-queixas
  • capa-a-borboleta-filosofa
  • capa-cartilha1
  • capa-cartilha2
  • capa-cartilha3
  • capa-cartilha-4
  • capa-as-letras-na-montanha-thumb
  • capa-os-gemeos-espirituais