NATUREZA E EFEITO DOS PENSAMENTOS – Henrique José de Souza

NATUREZA DOS PENSAMENTOS

O pensamento é o resultado das vibrações na matéria dos corpos invisíveis do homem. Tal como acontece a todas as vibrações, elas se transmitem no meio que lhe é próprio. A diferença entre as ondas produzidas pelo som e as que se originam do pensamento está em que estas se propagam por dimensões desconhecidas no mundo físico. À medida que a onda se afasta do seu ponto de partida, vai diminuindo seu poder, alcançando, porém, as do pensamento uma distância incomparavelmente maior que as emanadas de qualquer outra fonte.

Quanto à natureza e vitalidade dos pensamentos, depende de vários fatores, entre os quais está a espécie da matéria que os produziu. Emitidos pelo intelecto de um homem vulgar, sua potência é limitada nos mundos em que deve agir devido, principalmente, a se projetarem em planos onde turbilhonam milhões de pensamentos da mesma natureza inferior que, de certo modo, logo anulam seus efeitos. Emanados, porém, dos homens superiores, encontram campo mais livre que lhes permite atingir grandes distâncias e permanecer ativos durante mais tempo.

Vibrações desta natureza são, por exemplo, as produzidas por pensamentos teosóficos ou eubióticos que, pairando nas mesmas alturas dos de caráter puramente religioso ou científico, acham-se destes separados pela nitidez e precisão de suas formas. Um pensamento teosófico ou eubiótico assemelha-se a um som produzido no meio do mais absoluto silêncio. Ele age em matéria mental ainda pouco utilizada, tocando as fronteiras do plano búdico, onde não podem chegar nem os mais elevados pensamentos filosóficos e científicos, em geral indecisos e impregnados de matéria em que se origina a vaidade e o orgulho.

É no plano búdico que se faz a leitura dos anéis “acásicos”, podendo-se distinguir a identidade de nossas vidas anteriores; por isso o “Akasha” é chamado o Grande Livro da Vida.

 

EFEITO DOS PENSAMENTOS

O pensamento, principalmente quando dirigido por uma forte vontade, é sempre uma entidade viva, capaz de realizar a ideia que lhe deu origem. Projetadas no ambiente, essas entidades vivas representam outros tantos mensageiros, destinados a propagar o bem ou o mal, o amor ou o ódio, a virtude ou o vício. Acordam os germes das boas e más tendências latentes nos cérebros humanos, não raro dependendo deles o impulso original de uma vida virtuosa ou pecaminosa. Conscientemente projetados em uma determinada direção, por mais distante que esteja o objeto visado, agem tão eficazmente como se estivessem fisicamente presentes os indivíduos que os emitem.

Incalculável é o mal que homens e mulheres causam ao mundo e a si próprios pela força destruidora de seus pensamentos hostis, de suas palavras de ódio, de inveja, de egoísmo. A calúnia, a maledicência, o rancor são outros tantos inimigos mortais da alma.

Felizmente, como consoladora compensação, existem as formas-pensamento de paz e amor, de bondade e solidariedade, emitidas pelos que se dedicam à felicidade humana, capazes de induzir calma, coragem, resignação, tranquilidade e toda a sorte de benefícios morais e mesmo materiais, às almas aflitas e sofredoras.

Os efeitos dos pensamentos são tão intensificados quando emitidos conjuntamente por várias pessoas. Daí os maiores benefícios que auferem as coletividades onde militam associações espiritualistas e escolas de iniciação, como a Sociedade Brasileira de Eubiose, em cujas sedes e templos se reúnem seus membros para ensinar e vivenciar as regras de paz, do amor e da concórdia universal.

As poderosas egrégoras assim formadas movem-se e vibram em todas as direções, afastando ou dominando as vibrações negativas dos gênios do mal. Quantos benefícios esses pensamentos coletivos tem trazido à humanidade! Ninguém jamais o poderá saber, porque as entidades que eles representam vibram e agem na matéria sutil que não se vê e na qual, por isso, poucos acreditam.

 

EVOLUÇÃO DA MATÉRIA MENTAL

As ondas de pensamentos altruístas e generosas propagadas no plano da matéria mental, não se limitam a favorecer e beneficiar apenas os que são por elas alcançados; concorrem para o desenvolvimento e enriquecimento da própria matéria que lhes serve de condução, de veículos transmissores.

No estado atual da humana evolução, apenas quatro das espirilas de cada átomo se acham vivificadas, e a última só entrará em plena atividade no presente período de vida do Globo, desenvolvendo a faculdade correspondente à consciência mental. A maioria dos homens só agora inicia o desenvolvimento dessa faculdade que irá futuramente dar-lhe posse plena dessa consciência, ainda incipiente.

O homem dotado de um corpo mental em que os átomos constituintes já contenham essa espirila ativa emitirá constantemente átomos dessa natureza superior, suscetíveis de adentrarem o aura de pessoas afins e de serem por estas utilizados. Desse modo, todos os pensamentos puros levam em si átomos evoluídos que irão despertar no mundo mental, as espirilas daqueles cujas consciências mentais, por ausência de veículo apropriado, ainda não puderam manifestar-se.

______________

Capítulo 6, pg. 87, da 1ª edição (1995) de “Os Mistérios do Sexo”, de Henrique José de Souza.

*imagens por Charles Webster Leadbeater

Generic selectors
Palavra Exata
Procurar nos Títulos
Procurar no conteúdo
Procurar em Artigos
Procurar nas Páginas
Poesias
Livros
Filtrar por Categorias
Artigos Bibi
Artigos e Diversos.
Artigos Eymar
Artigos HJS
Bibi
Eymar
Fotos Bibi
HJS
Notícias
Poesias Bibi
Poesias Eymar

Livros de Adiel

  • Quando Deus É Feito Homem
  • Muito Pouco de Muuuito
  • capa-joana-e-as-sementinhas
  • Capa-a-rosa-e-o-edificio
  • capa-os-numeros-e-suas-queixas
  • capa-a-borboleta-filosofa
  • capa-cartilha1
  • capa-cartilha2
  • capa-cartilha3
  • capa-cartilha-4
  • capa-as-letras-na-montanha-thumb
  • capa-os-gemeos-espirituais