COPA DO MUNDO: UNIÃO DE POVOS

A Copa foi um sucesso! O Brasil nada perdeu, ao contrário, ganhou com os estádios lotados, um belo espetáculo assistir tantos povos torcendo pelos seus países! Esporte é assim mesmo, uns ganham outros perdem e o futebol cada vez mais pelo mundo se alastra, porque os torcedores levam seus filhos ainda pequenos aos estádios e aqueles momentos vividos pelos pais fica para sempre na memória das crianças.

O planeta Terra estava mesmo precisando de momentos assim alegres, descontraídos, de irmãos de nacionalidades diferentes se conhecendo, conversando, rindo, trocando ideias, apreciando os nossos costumes, provando nossa culinária. Enfim, quanta coisa boa tem o Brasil para o estrangeiro ver; e eles gostam, apreciam, sabem valorizar. O brasileiro é que ainda não se deu conta de que país maravilhoso é o seu. “Se falhar a Inteligência e a Moral do povo brasileiro, a Pátria estará perdida!”, disse isto o eminente Prof. Henrique José de Souza.

Seja de nosso agrado ou não esta ou aquela forma de governo, nada impede que reconheçamos ser o Brasil um país privilegiado em quase tudo. O que nos falta? Amor ao País! E isso, se porventura estava fraquinho, reavivou todas as vezes que o nosso Hino foi cantado. Julgam que esse aglomerado de alegria pelo evento, de entusiasmo pelos momentos de glória, vindos de tantos corações ao mesmo tempo, não tem forma, não tem vibração, não se espalha pelo mundo? Ah! Como se propaga… E isto é ótimo! Tais formas, tais vibrações, tanta alegria, tanto entusiasmo, os Deuses as compartilharam com os países em conflito, os quais estão pondo em risco a paz mundial.

O acontecido com nossos jogadores deve ter uma “razão que a própria razão desconhece”. Acostumados a mais ganhar que perder, ao torcedor brasileiro é difícil suportar a derrota, mas toda lição tem sua utilidade. Ainda segundo o Prof. Henrique José de Souza, a impressão que dá é que cada brasileiro “traz um crepe diante dos olhos. Eclipse total entre o Sol Terreno e o Sol Espiritual”. Cada um que quebre a cabeça para entender o que ele quis dizer.

Em 2016, quando houver as Olimpíadas, uma nova onda de amor ao esporte, de entusiasmo, de congraçamento de povos, será gerada e mais uma vez compartilhada com o mundo. Até lá, cuidemos do nosso Brasil, enviando para ele o Amor de que tanto necessita.

_____________

Zélia Scorza Pires

São Lourenço, 14.07.2014

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Generic selectors
Palavra Exata
Procurar nos Títulos
Procurar no conteúdo
Procurar em Artigos
Procurar nas Páginas
Poesias
Livros
Filtrar por Categorias
Artigos Bibi
Artigos e Diversos.
Artigos Eymar
Artigos HJS
Bibi
Eymar
Fotos Bibi
HJS
Notícias
Poesias Bibi
Poesias Eymar

Livros de Adiel

  • Quando Deus É Feito Homem
  • Muito Pouco de Muuuito
  • capa-joana-e-as-sementinhas
  • Capa-a-rosa-e-o-edificio
  • capa-os-numeros-e-suas-queixas
  • capa-a-borboleta-filosofa
  • capa-cartilha1
  • capa-cartilha2
  • capa-cartilha3
  • capa-cartilha-4
  • capa-as-letras-na-montanha-thumb
  • capa-os-gemeos-espirituais