ÁGUA

      Não é de hoje que a guerra por este incomparável bem já começou. Tivéssemos respeitado a limpidez das águas, sem contaminá-la com dejetos, produtos químicos, tóxicos, atômicos, lixo de todo o tipo, e hoje teríamos a salvaguarda dos rios, córregos, riachos, lagos, lagoas, enfim, a beleza por Deus concedida, e que conseguimos enfear e torná-la mal cheirosa. Como é mau o homem chamado “civilizado”.

     As empresas, por sua vez, que captam as águas subterrâneas medicinais, querendo lucros cada vez maiores, não dão trégua às fontes para que se recuperem. Corremos o risco se é que já não existe, dessa dádiva estar sendo exaurida… Isso acontecendo, aqueles que nelas montam seus negócios lucrativos simplesmente saem da cidade que exploram, em busca de outras onde a generosa Natureza tenha privilegiado com tantas fontes, como é o caso de São Lourenço. Por quanto tempo ainda, não sabemos. E nem saberemos senão abrirmos os olhos! Ninguém, coisa alguma sobrevive sem água!

     Alerta população das Estâncias Hidrominerais, principalmente São Lourenço! Além do desprezo para com a pureza das águas e o excesso de exploração comercial, os edifícios de grande porte ajudam a tirar a força das nascentes, ao bombear para as suas imensas e elevadas caixas d´água… O calçamento das ruas, por sua vez, com paralelepípedos e bloquetes e não asfalto, precisa de boa manutenção para que as águas pluviais possam se infiltrar. A “galinha dos ovos de ouro” que são as águas medicinais de São Lourenço, se o povo não ficar atento, não se preocupar com que se faz com elas, os turistas irão diminuindo e a cidade então viverá de quê?     

     A população precisa saber se a quantidade estabelecida por Lei de absorção das águas para fins comerciais está sendo seguida. Provavelmente não e isso não é uma acusação, mas uma séria desconfiança… A tentação para negócios cada vez mais lucrativo faz os homens esquecerem que assim como eles a Natureza também tem direito a férias…  

    Por ora ficamos por aqui, mas voltaremos a este assunto que a nós tanto incomoda, preocupa, e que deveria ser objeto de apreensão da população inteira.   

    O eminente Professor Henrique José de Souza chama a Água de “elemento purificador, sangue que corre nas veias da Terra”, e sobre a Estância Hidromineral de São Lourenço, ele batizou-a de “Capital Espiritual do Mundo”, pelos inúmeros mistérios subterrâneos que a envolve… 

_______________

Zélia Scorza Pires

São Lourenço, 01.10.2014

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Generic selectors
Palavra Exata
Procurar nos Títulos
Procurar no conteúdo
Procurar em Artigos
Procurar nas Páginas
Poesias
Livros
Filtrar por Categorias
Artigos Bibi
Artigos e Diversos.
Artigos Eymar
Artigos HJS
Bibi
Eymar
Fotos Bibi
HJS
Notícias
Poesias Bibi
Poesias Eymar

Livros de Adiel

  • Quando Deus É Feito Homem
  • Muito Pouco de Muuuito
  • capa-joana-e-as-sementinhas
  • Capa-a-rosa-e-o-edificio
  • capa-os-numeros-e-suas-queixas
  • capa-a-borboleta-filosofa
  • capa-cartilha1
  • capa-cartilha2
  • capa-cartilha3
  • capa-cartilha-4
  • capa-as-letras-na-montanha-thumb
  • capa-os-gemeos-espirituais