ÁGUA

      Não é de hoje que a guerra por este incomparável bem já começou. Tivéssemos respeitado a limpidez das águas, sem contaminá-la com dejetos, produtos químicos, tóxicos, atômicos, lixo de todo o tipo, e hoje teríamos a salvaguarda dos rios, córregos, riachos, lagos, lagoas, enfim, a beleza por Deus concedida, e que conseguimos enfear e torná-la mal cheirosa. Como é mau o homem chamado “civilizado”.

     As empresas, por sua vez, que captam as águas subterrâneas medicinais, querendo lucros cada vez maiores, não dão trégua às fontes para que se recuperem. Corremos o risco se é que já não existe, dessa dádiva estar sendo exaurida… Isso acontecendo, aqueles que nelas montam seus negócios lucrativos simplesmente saem da cidade que exploram, em busca de outras onde a generosa Natureza tenha privilegiado com tantas fontes, como é o caso de São Lourenço. Por quanto tempo ainda, não sabemos. E nem saberemos senão abrirmos os olhos! Ninguém, coisa alguma sobrevive sem água!

     Alerta população das Estâncias Hidrominerais, principalmente São Lourenço! Além do desprezo para com a pureza das águas e o excesso de exploração comercial, os edifícios de grande porte ajudam a tirar a força das nascentes, ao bombear para as suas imensas e elevadas caixas d´água… O calçamento das ruas, por sua vez, com paralelepípedos e bloquetes e não asfalto, precisa de boa manutenção para que as águas pluviais possam se infiltrar. A “galinha dos ovos de ouro” que são as águas medicinais de São Lourenço, se o povo não ficar atento, não se preocupar com que se faz com elas, os turistas irão diminuindo e a cidade então viverá de quê?     

     A população precisa saber se a quantidade estabelecida por Lei de absorção das águas para fins comerciais está sendo seguida. Provavelmente não e isso não é uma acusação, mas uma séria desconfiança… A tentação para negócios cada vez mais lucrativo faz os homens esquecerem que assim como eles a Natureza também tem direito a férias…  

    Por ora ficamos por aqui, mas voltaremos a este assunto que a nós tanto incomoda, preocupa, e que deveria ser objeto de apreensão da população inteira.   

    O eminente Professor Henrique José de Souza chama a Água de “elemento purificador, sangue que corre nas veias da Terra”, e sobre a Estância Hidromineral de São Lourenço, ele batizou-a de “Capital Espiritual do Mundo”, pelos inúmeros mistérios subterrâneos que a envolve… 

_______________

Zélia Scorza Pires

São Lourenço, 01.10.2014

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Generic selectors
Palavra Exata
Procurar nos Títulos
Procurar no conteúdo
Poesias
Livros
Filtrar por Categorias
Artigos Bibi
Artigos e Diversos.
Artigos Eymar
Artigos HJS
Bibi
Eymar
Fotos Bibi
HJS
Notícias
Poesias Bibi
Poesias Eymar

Livros de Adiel

  • Quando Deus É Feito Homem
  • Muito Pouco de Muuuito
  • capa-joana-e-as-sementinhas
  • Capa-a-rosa-e-o-edificio
  • capa-os-numeros-e-suas-queixas
  • capa-a-borboleta-filosofa
  • capa-cartilha1
  • capa-cartilha2
  • capa-cartilha3
  • capa-cartilha-4
  • capa-as-letras-na-montanha-thumb
  • capa-os-gemeos-espirituais